domingo, 26 de outubro de 2008

The first ;D

Bom, para começar quero esclarecer que não farei aqui postagens seguidas! Virei aqui nos meus momentos de catarse! Os momentos que eu preciso colocar para fora tudo o que está enchendo a minha cabeça e o meu coração... Sim, preciso desabafar as vezes! E sim, tenho amigos com os quais poderia estar fazendo este desabafo... Mas as coisas que aqui direi não sei se seriam entendidas por aqueles que não estão passando pelo mesmo processo, pela mesma mudança, pelo mesmo movimento que eu! Não desmerecendo meus amigos, mas com eles gostaria de gastar meu tempo de outra forma com que pudesse ser muito mais aproveitado e curtido em vossas companhias! Sim, agradeço todo o dia pelos amigos que tenho! Sem eles não existiria o meu verdadeiro 'eu'! No momento, o que está me encomodando é o fato de eu ser uma tonga! Sim sim sim caro leitor, esta que vos escreve é uma tonga das mais especialistas! /11 Tonga porque sempre acredita nas pessoas! Tonga porque confia que as pessoas têm bom coração! Tonga que sempre faz de tudo para ajudar os outros e para ver os outros bem! Tonga porque faz isso da maneira mais inocente possível! Tonga porque não vê maldade nas pessoas! Tonga porque acredita que as coisas são como deveriam ser, e não como realmente são! É, tonga desse tipo! É preciso cair do cavalo para ver se toma jeito e se aprende! O pior é que as vezes cair do cavalo é doloroso, pela altura que meus devaneios me levaram. Que nada... Deve fazer parte do processo da vida, do processo da evolução humana! Como diria minha mãe, se não foi, não era para ser! Mas o duro é acreditar nisso! Saber eu sei! Mas e aceitar isso como a realidade e a verdade?! É, é esse o esquema da vida, ganhar e perder, o que eu gosto e o que eu não gosto, nada pode ser perfeito! Já dizia algum grande sábio que a felicidade plena não é deste mundo. Nossa felicidade se constrói com as pequenas coisas e com os momentos felizes que temos. Não a teremos em 100% dos nossos dias! And that is it for now!

2 comentários:

Giana!! disse...

Eu reconheceria esse jeito de escrever em qualquer lugar do mundo!
è você, falando.
Com certeza é você.
É a minha amada ursa de todos os dias (eu ainda vou descobrir um jeito simbólico pra ursa.
Não, mentira.
É a ursa das viagens de busões. Principalmente de uma viagem interminável, ansiosissima, com um vidro quebrado, sem sono, onde nada mais nos resta do que falarmos!
Eta, e quanto falamos.
Só assim pra enganar o não-almoço!

"Catarseie" amiga.
Eu faço questão de acompanhar cada momento desse.
Não se esqueça: pra qualquer eventualidade eu tenho boas noções de primeiros socorros!

Amo vc <--(L)-->

Gi disse...

oi sua tonga...
te gosto tonga então, já que diz que assim o és...
que tem um abraço de urso, que supera qualquer tamanho de cavalo-devaneio, e passa a dor.
adorei a foto do blog! e quero te ver mais por aqui...